Arquivo da categoria: Filmes

Resenhas de Filmes

DEVOÇÃO.

Com o uso de depoimentos de historiadores, pesquisadores, autoridades do candomblé, freis e devotos do catolicismo, o filme tem como propósito mostrar aspectos que contribuam para o debate polêmico sobre o sincretismo das religiões existentes no Brasil, que se evidencia, sobretudo, após a chegada dos escravos negros vindos da África.

De acordo com a história, os africanos eram obrigados a seguir os ensinamentos da Igreja Católica logo que desembarcassem em terras brasileiras, mesmo que pertencessem a outras tribos ou culturas. Desse modo, eles se viam forçosamente divididos entre duas religiões –situação que permitiu o surgimento de uma analogia entre santo Antônio (o mais popular do catolicismo) e Ogum (importante orixá africano) e colocou em questão a legitimidade de se cultuar os orixás como se fossem santos católicos.

Opiniões de devotos do candomblé e do catolicismo são exibidas junto a imagens feitas em terreiros e durante a celebração de missas para enfatizar a fé existente em cada uma das crenças, independentemente de suas diferenças ou similaridades.

O documentário, que não contém narração do autor, foi filmado entre abril e junho de 2007 no Rio de Janeiro (RJ). Em 85 minutos, muito mais do que rever mitos e colocar lado a lado as peculiaridades de cada uma das crenças, o filme deixa claro a singularidade da cultura brasileira.

Direção: Sérgio Sanz. Duração: 85 minutos Classificação etária: livre.

Fonte:http://raizafricana.wordpress.com/2009/08/30/trailer-do-documentario-devocao/

BOA SESSÃO:

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Filmes

The Corporation ( A Corporação)

O filme The Corporation (A Corporação) é um excelente documentário crítico, que, ao longo de seus 144 minutos de duração, vai revelando os meandros da criminalidade do mundo corporativo contemporâneo. Os autores fazem uma boa análise dos poderes e do funcionamento das grandes corporações como “seres” autônomos, pessoas jurídicas, que agem de acordo com um conjunto bem específico e determinado de regras e motivações, que distam dos princípios que regem as relações entre os mortais comuns. Elas compram, vendem, alugam, acionam judicialmente, capitalizam ganhos, incorporam patrimônio etc, tal como procedem as pessoas físicas no comum do dia a dia, porém, não possuindo um corpo físico bem determinado, e nem alma. A exploração da mão de obra barata no Terceiro Mundo, bem como a destruição do meio ambiente são alguns dos temas explorados. Assim agem unicamente em função da aquisição do lucro máximo, o que transparece claramente nas entrevistas feitas com presidentes de grandes corporações como a Nike, Shell e IBM. Também contribuem para essa análise crítica figuras como Noam Chomsky, Milton Friedman, Michael Moore, Naomi Klein e outros que estão no elenco do filme.

É o filme que sugerimos aos seguidores e leitores de nosso blog. É um esforço que vale á pena!

Ficha técnica completa: http://hellocoolworld.com/files/TheCorporation/completecredits.pdf

Site do Filme: http://www.thecorporation.com

 Veja no Youtube:

Deixe um comentário

Arquivado em Filmes

“El Orden Criminal del Mundo” – A Ordem Criminosa do Mundo

É um cxcelente documentário exibido pela TVE espanhola, que apresenta  a visão crítica de dois grandes pensadores humanistas contemporâneos sobre o mundo da modernidade atual: Eduardo Galeano e Jean Ziegler. Seus depoimentos apresentam um caráter de certa forma profético, pois que este documentário foi produzido antes da atual crise que está atingindo o velho continente, particularmente as populações dos países periféricos, como Portugal, Espanha, Grécia entre outros.

O documentário enfoca com muita clareza o cinismo assassino que dia após dia vai enriquecendo uma pequena oligarquia mundial às custas da miséria de cada vez mais pessoas pelo mundo. Poucos ricos cada vez mais ricos em detrimento de muitos pobres cada vez mais pobres, condenados à exclusão e à invisibilidade.  Concentração de poder de forma cada vez mais autoritária em poucas mãos, restringindo e controlando cada vez mais os direitos das pessoas. Corporações sempre mais poderosas controlando os governos de praticamente todo o planeta, e com o generoso apoio de instituições como FMI, OMC e Banco Mundial, alinhadas na defesa de seus interesses.

Convidamos para ver o documentário, de aproximadamente 45 minutos, legendado em português, fazendo a sua análise a respeito.  E quem sabe o recomende a seus amigos e conhecidos…

(R.Thiel)

1 comentário

Arquivado em Filmes

Sul do Amazonas – o reinado da pistolagem!

A grilagem de terra corre solta! A derrubada ilegal e roubo de madeira não tem freio! Além de outras agressões à natureza na região. Na região de Lábrea, das mais conflitivas no sul do Amazonas, funcionários do INCRA são ameaçados e impedidos de trabalhar, lideranças populares e sindicais que lutam em defesa da terra, da floresta, estão na lista dos “marcados para morrer”, e mortas com frequência, sem que ninguém tome medidas eficazes para proteger a vida dos que têm os dias contados, por força da “lei do gatilho”, que continua imperando na região. Onde está o Estado para garantir o direito de viver? Um depoimento…

“Em junho de 2010, durante vistoria no assentamento Gedeão, sul do Amazonas, a líder Nilcilene Miguel de Lima foi agredida na frente de uma funcionária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Isso aconteceu enquanto ela mostrava um desmatamento dentro do assentamento. Surpreendida por um pistoleiro, Nilcilene levou socos, chutes e tapas no ouvido que lhe tiraram parte da audição. A funcionária do Incra tentou intervir e levou um soco no peito. As duas correram para o carro e fugiram. Nilcilene foi para a delegacia mais próxima fazer boletim de ocorrência e de corpo de delito. A funcionária do Incra voltou para Manaus e pediu transferência. O agressor e o desmatador nunca foram punidos”.

Veja o apelo veemente de Nilcilene, que sabe de seu destino, o mesmo de dezenas/centenas de lideranças comunitárias e defensoras da floresta. Até quando esse tipo de criminosos continuarão reinando impunes?  Quando serão tomadas providências enérgicas e efetivas? Quando for tarde demais? Quem vai fazê-lo? O que nós podemos fazer de imediato para ajudar a salvar a vida de Nilcilene (Lábrea – Amazonas), de Laísa (irmã de Maria do Espírito Santo, e cunhada de José Cláudio, casal de extrativistas assassinados em 2011, em Nova Ipixuna – Pará)?

Seguem um vídeo e um texto para ativar a reflexão.

(R.Thiel)

————————————————————————————————-

Reportagem de Ana Aranha, de A PÚBLICA – AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO.

————————————————————————————————-

Sul do Amazonas: Nilcilene, com escolta e colete à prova de balas: ‘eles vão me matar’

Publicado em março 2, 2012 por HC em Eco Debate

Liderança na Amazônia ganha proteção da Força Nacional, mas vive acuada por ameaças. À sua volta, madeireiros e grileiros seguem livres.

– Nesse rio aqui também apareceu um morto, levou 13 dias para virem retirar o corpo. A gente espantava os urubus com uma palha.

Com colete à prova de balas, chacoalhando no banco de trás da viatura da Força Nacional de Segurança, essa é a quarta vez que a produtora e líder rural Nilcilene Miguel de Lima aponta lugares onde encontrou corpos furados a bala nas estradas do sul de Lábrea, município do Amazonas. “Já teve vez que não apareceu ninguém para buscar. O povo enterrou por aí mesmo”.

É fim de tarde. A viatura tem que chegar na casa de Nilcilene antes do escurecer, onde dois policias passam a noite em vigília. Alguns quilômetros antes do destino, ela se agita ao ver uma picape azul no sentido oposto da estrada: Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Boa Leitura, Filmes

Carlos Mesters

Homenagem a Carlos Mesters pelos seus 80 anos de vida – CEBI (Centro de Estudos Bíblicos) Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em CEBs, Filmes

O veneno está na mesa

É o título do documentário produzido pelo renomado cineasta brasileiro Sílvio Tendler.  Constitui uma peça importante do processo de conscientização do povo brasileiro, dentro da Campanha Permanente contra o Uso de Agrotóxicos e pela Vida, conduzida por mais de 30 entidades/movimentos da sociedade brasileira, comprometidos com a preservação da qualidade de vida, a partir da agricultura agroecológica correta e sadia. O filme retrata de forma muito realista a questão do uso indiscriminado dos agrotóxicos, sobretudo nas lavouras monoculturais brasileiras, destinadas à exportação. O filme denuncia uma série de malefícios provenientes do uso indiscriminado e abusivo dos agrotóxicos, muitos deles proibidos em outros países pelas consequências absolutamente danosas causadas à saúde humana, animal e vegetal, pelo envenenamento em larga escala da natureza. O documentário também mostra a viabilidade da produção de alimentos saudáveis por meio da agroecologia.

O Brasil é o primeiro colocado no ranking mundial do consumo de agrotóxicos. Mais de um milhão de toneladas de venenos/agrotóxicos foram despejados nas lavouras em 2010, de acordo com dados do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Defesa Agrícola. Segundo  Victor Pelaez, do Departamento de Economia da UFPR, dentro do  panorama do mercado de agrotóxicos no mundo,  cerca de 70% está nas mãos da Monsanto, Syngenta, Bayer, Dupont, Dow e Basf.

Narrado por Amir Haddad, Dira Paes, Julia Lemmertz e Caco Ciocler, o documentário, com a duração de 50 minutos, denuncia as consequências desastrosas do uso abusivo de venenos na produção de alimentos, tanto para a saúde dos trabalhadores que os aplicam quanto para os consumidores, e os malefícios econômicos, sociais e ambientais provenientes desse modelo de agricultura. Contrapondo à ideia de que esses produtos são indispensáveis à produtividade, o filme também apresenta vários exemplos de pequenos agricultores produzindo alimentos saudáveis e abundantes através  da agroecologia.

(Renato Thiel – 25.08.2011)

Para obter o DVD, entre em contato com a coordenação da campanha pelo e-mail contraagrotoxicosdf@gmail.com.

Assista no Youtube:

Deixe um comentário

Arquivado em Filmes

O Anel de Tucum

“(…) O anel de tucum uma palmeira da Amazônia, aliás com uns espinhos meio bravos. Sinal da aliança com a causa indígena, com as causas populares. Quem carrega este anel normalmente significa que assumiu estas causas e as suas conseqüências. Você toparia em levar o anel? (…) Olha, isso compromete viu. Queima! Muitos e muitas por esta causa, por este compromisso foram até a morte!”

(Dom Pedro Casaldáliga)

O Filme:

      O Anel de Tucum é o 3° longa metragem da Verbo Filmes produzido em 35 mm, no ano de 1994. O filme retrata o cotidiano dos homens e mulheres que fazem das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e dos movimentos populares uma realidade. O longa se passa no ano de 1992, mesmo ano que ocorre o 8° Encontro Intereclesial de Comunidades de Base em Santa Maria – RS. Podemos concluir isso com a cena em que o personagem principal, André, aparece em um orelhão e ao fundo estão pregados os cartazes do encontro.

     Para uma reflexão sobre o filme podemos dividi-lo em dois momentos que se misturam no transcorrer da exibição, sendo o primeiro uma narrativa ficcional com personagens e roteiros criados, e outro formado de partes documentais onde integrantes reais dos movimentos populares, das Comunidades Eclesiais de Base e lideranças religiosas ganham voz. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Filmes