Cinquentenário da Mater e Magistra

“A riqueza desta encíclica está sobretudo em ter reconhecido, depois de tantos séculos de esquecimento, que não cabe à Igreja cuidar apenas da “santificação das almas”. É também seu dever preocupar-se “com as necessidades cotidianas dos homens, não só as que dizem respeito à subsistência e às condições de vida, como as que se referem ao seu bem-estar e à sua prosperidade, sob todas as formas que possam assumir com o progresso dos tempos” (MM, 3).”

Neste artigo o Prof Lisboa analisa a Encíclica “Mater e Magistra” do Papa João XXIII. No dia 15 de maio do corrente ano foi celebrado o cinqüentenário de publicação desta carta papal.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em CEBs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s