APRESENTAÇÃO

         No ano de 2000, as Comunidades Eclesiais de Base comemoraram os 25 anos de Encontros Intereclesiais na Diocese de Ilhéus, desenvolvendo o tema “Memória e Caminhada, Sonhos e Compromissos“. Resgatando sua memória, que remonta às primeiras experiências de comunidades eclesiais nos meios populares, no início dos anos 60, a Comissão Nacional Ampliada de CEBs sentiu a necessidade de assegurar a preservação de todos esses registros, dispersos e correndo o risco de se perderem. Atendendo sua solicitação e à necessidade do Setor CEBs da CNBB, a Universidade Católica de Brasília criou, o Programa de Pesquisa e Documentação Memória e Caminhada.

     Um dos objetivos principais deste Programa é o de “produzir conhecimento cientificamente fundamentado para subsidiar a reflexão teórica no âmbito acadêmico e eclesial”. É neste sentido que apresentamos Memória e Caminhada: revista de estudos sobre as Comunidades Eclesiais de Base.

     Embora desde a década de 1990 os meios de comunicação tenham buscado silenciar a Teologia da Libertação e, as CEBs, numa tentativa de colocar fim a sua história, o debate em torno dessas questões está longe de encerrar-se, pois cientistas sociais, teólogos e agentes de pastoral continuam se perguntando sobre a significação do movimento social e eclesial que as CEBs visibilizam. Iniciado na década de 1970, esse debate usa as mais diversas formas de expressão: revistas[1], livros, dissertações, teses, cartilhas, filmes, vídeos, poemas e cânticos

 


[1] Uma rápida pesquisa bibliográfica encontrou os seguintes periódicos com artigos e resultados de pesquisas sobre as CEBs: “Concilium”, “Revista de Cultura Vozes”, “Revista Eclesiástica Brasileira”, “SEDOC”, “Vida Pastoral”, “Religião e Sociedade”, “Síntese”, “Lua Nova”, “Encontros com a Civilização Brasileira”, “Cadernos do CEAS”, “Comunicações do ISER”, “Perspectiva Teológica”, “Estudos CEBRAP”, “Tempo e Presença”, “Tempo Brasileiro”, “Atualidade em Debate”, e “Cadernos Fé e Política”. No campo editorial, é exemplar o caso da coleção “Teologia e Libertação” da editora Vozes. Com um projeto iniciado em 1985 prevendo 50 volumes, até 1989 a coleção tinha publicado 19 títulos. Dez anos depois, apenas 5 novos títulos haviam sido lançados.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em CEBs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s